holos@holos.pt+351 21 043 86 86

dva_image INos dias que correm a segurança de pessoas e bens é uma preocupação de todos, sendo a vídeo vigilância um meio cada vez mais importante para a controlar.

Os sistemas tradicionais assentam essencialmente na vídeo vigilância e na capacidade de um operador humano para detetar, analisar e identificar situações perigosas e interagir (tipicamente por rádio ou telefone) com outros agentes humanos para a validação e intervenção no local.

Tirando partido das mais recentes tecnologias de informação e comunicação, a Holos desenvolveu um sistema que assenta em Agentes de Software integrados com posicionamento de sensores (video, ultrasons, temperatura, água, etc) por GPS. Permite assim o controlo de instalações por um sistema (DVA) dotado de capacidade de raciocínio, auxiliando os operadores humanos na identificação de acontecimentos.

Este sistema Inteligente de Vigilância recorre a um conjunto de componentes autónomos (sensores, câmaras, PDAs/Telemóveis) que cooperam entre si e com recursos humanos num modelo integrado de vigilância capaz de exibir Inteligência Coletiva no desempenho de funções de vigilância e segurança.

Principais funcionalidades

  • Monitorização e Controlo – Com uma interface Web baseada em mapas da Google é possível monitorar o estado das instalações, localizar os vários sensores, seu estado de funcionamento e valores recolhidos.
  • Alarmística – Podem ser definidas regras de alarmes baseadas em parâmetros dos vários sensores.
  • Ação – Na sequência de um alarme podem ser disparadas várias ações para cada estado de um evento.
  • Agentes – Garantem o processamento distribuído da informação.
  • Sensores – Desde sensores binários (para verificação de estados de portas, janelas, sistemas, fogo) a sensores numéricos (nível de CO2, temperatura, ultrasons) e a câmaras de vídeo.

Principais vantagens

  • Vigilância permanente de:o áreas complexas ou de difícil acesso;
    o diferentes áreas simultaneamente;
  • Registo programável de informação recebida (vídeo e sensores);
  • Armazenamento de dados;
  • Acesso remoto via internet;
  • Alarme ativo 24×7;
  • Flexibilidade em adaptar-se às necessidades das organizações;
  • Compatível com outros equipamentos de segurança;
  • Integração com equipas de vigilância móveis;
  • Automatização de:
    o Deteção de situações de risco;
    o Comunicação com agentes de autoridade e socorro;
  • Resistente a falhas pontuais de equipamentos.